sexta-feira, 27 de maio de 2011

O Meu Nome é Victoria (Victoria Donda)

O livro O Meu Nome é Victoria relata-nos a dramática e comovente historia de uma mulher – Victoria Donda, activista dos direitos humanos, filha de prisioneiros políticos, nascida na prisão, a 1ª mulher a ser eleita deputada ao Congresso Nacional Argentino – que um dia descobre que toda a sua vida é uma mentira.
Este livro maravilhosamente escrito, transporta-nos aos lugares mais sórdidos da natureza humana. É um completíssimo relato feito na primeira pessoa, no qual a autora descreve pormenorizadamente como todo o seu mundo ruiu.
Da dificuldade em perceber quem são afinal os nossos, aqueles que nos amam, que cuidam de nós, à imensa dor, ao mais negro desespero, quando percebemos que eles são afinal, os algozes de nossa família, e de nós mesmos.
E como paulatinamente ela se empenhou compulsivamente na recuperação de sua verdadeira história, e de sua família. Reescrevendo ao mesmo tempo a historia e a vida de um país em reconciliação consigo mesmo.
Da infância e adolescência felizes, à mulher adulta, destruída e amargurada em busca de suas raízes e identidade, até à mulher pacificada e preenchida tudo nos é contado de forma nua e crua. Criando no leitor uma torrente desenfreada de emoções contraditórias.
Esta é uma história sobre um drama real e pungente dos nossos dias, na qual uma sobrevivente de um dos períodos mais negros da história Argentina, procura encontrar as pontas soltas de sua vida, de forma a recuperar a sua dignidade pessoal e de sua família, e prosseguir condignamente e em paz uma nova vida.




Autor: Victoria Donda


Editora: Bizâncio


Páginas: 224


Género: Biografia

2 comentários:

  1. Eu já li esse livro e é realmente mto bom:D

    ResponderEliminar
  2. Ainda bem que gostaste.
    Obrigada por passares por aqui.
    :)

    ResponderEliminar